DOENÇA HEPÁTICA INFLAMATÓRIA FELINA.pdf


RESUMO


As hepatopatias inflamatórias são comuns em felinos e representam a segunda maior causa de doença hepática, sendo a lipidose hepática a primeira. Em felinos, as causas, relacionadas à patogenia, bem como histórico da evolução da doença e o tratamento são pouco conhecidas. Devido a este desconhecimento hoje são classificadas em dois grupos histopatológicos: colangite neutrofílica (aguda ou crônica) e colangite linfocítica. A doença inflamatória hepática ocorre concomitantemente à inflamação intestinal e pancreática, esta situação pode estar relacionada à anatomia dos felinos. O diagnóstico pode ser em achados clínicos, perfil bioquímico e hematológico, urinálise, ecografia, e sendo através da biopsia hepática o diagnóstico conclusivo da doença. O tratamento se baseia no diagnóstico histológico da doença e o prognóstico e reservado dependendo da resposta do paciente ao tratamento. Este
trabalho teve por objetivo realizar uma revisão de literatura atualizada sobre doença hepática inflamatória felina, incluindo sua etiologia, sinais clínicos, diagnóstico, tratamento disponível e prognóstico.

Palavras-chaves: doença hepática; colangite neutrofílica; colangite linfocítica; felinos.

ou
Tecnologia do Blogger.