CONCEITOS GERAIS DE OBSTETRÍCIA

Obstetrícia – Obs = adiante; stare = manter-se
Tocologia – Tokos = parto, logos = estudo
A Obstetrícia veterinária é dividida em :
  • Estudo Clínico da gestação
  • Diagnóstico da Gestação
  • Patologia da Gestação
  • Parto
  • Patologia do Parto
  • Operações Obstétricas
  • Puerpério
  • Patologia do puerpério
  • Neonatologia

Parto Eutócico:  Eutocia – eu = bom        tokos= parto

Parto Distócico: Distocia – Dis = dificuldade

PELVIMETRIA 

A pelvimetria é a mensuração direta ou indireta da pelve.
O principal obstáculo para a passagem do feto no momento do parto é representado pelo estreito anterior da pelve.
A pelvimetria tem como finalidade determinar suas dimensões e assim prever as possíveis dificuldades do parto, dessa maneira tomando medidas de prevenção.
As melhoras do desenvolvimento muscular e do potencial de crescimento das raças de carne influenciam sobre o peso e a morfologia do bezerro ao nascimento, porém repercute igualmente no aparecimento das distocias.
Os diâmetros mais importantes para avaliação da abertura pélvica são: 
Bi-ilíaco Superior (BIS)
Bi-ilíaco inferior (BII)
Sacro-púbico(SP)
O conduto pélvico forma um trapézio e, o feto assume a posição de um triângulo. Para que o feto possa sair eutocicamente é necessário que esteja em posição correta e que o seu diâmetro bi-escapular (BEF) seja compatível com o diâmetro do conduto pélvico.
Fonte: Derivaux, J e Ectors, F. 1986
Fonte: Grunert, E.; Bove, s.; Stopiglia, A.V., 1967.
As medidas da pelve são importantes não só para ocorrência de partos favoráveis como também para transferência de embriões (em relação às receptoras).
Podem-se realizar essas medidas de duas maneiras: direta ou indiretamente. 

Pelvimetria Direta

É possível realizar a medição através da palpação retal, colocando-se a mão com os dedos separados no plano vertical (medida sacro-vertebral) e no plano horizontal (cristas íleo-pectíneas). Este método apesar de aproximado pode ser útil em casos de atresia pélvica manifesta, além de se poder verificar qualquer lesão óssea que pode modificar as dimensões e a forma da pélvis.
Pode-se utilizar o compasso de Menissier-Vissac

Fonte: Derivaux , J. e Ectors, F., 1986
Esse compasso é composto de dois braços metálicos, com comprimento de 70 cm, um braço é fixo e outro é móvel. As extremidades internas dos braços são revestidas para evitar a produção de lesão retal.
Realiza-se uma anestesia epidural e se introduz o compasso protegido pela mão, alcançando-se o estreito anterior da pelve a extremidade fixa é colocada em um dos pontos de referência (ângulo sacro-lombar, crista íleo pectina, articulação sacro ilíaca) e se leva a extremidade móvel ao ponto correspondente.
Através do Raio X também pode-se realizar a mensuração direta.

Pelvimetria Indireta

A pelvimetria indireta se baseia na relação entre medidas corporais e a medida da pelve.
Como exemplo podemos dizer que existe uma relação entre a conformação da garupa e da pelve. Uma garupa em conformação de triângulo invertido, característico de animal de corte, geralmente é acompanhado de uma redução dos diâmetros de pelve, o que predispõe a dissocias.


Tecnologia do Blogger.